quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Socorro!!! Padronização de terminologias já!!!

Olá meninas lindas!!


Como o Quilt e o Patchwork cresceram no nosso país neam meninas?
Fico impressionada com a quantidade de meninas aderindo a arte de Quiltar, Bordar e Tecer fofurices!






Identificamos isso tamanha a quantidade de Festivais e Feiras acontecendo!


Crescer, multiplicar e divulgar é bem legal! 
Mas também dá uma confusão danada, neam?


São tantas as técnicas, tecidos, revistas, professores, cursinhos e atelie's que os nomes vão se multiplicando e se tornando irreconhecíveis!!



Hoje mesmo eu saí para comprar algumas agulhas para Quiltar...


E fiquei A P A V O R A D A quando ouvi uma professora de "Patchwork" falando pra sua aluna o que era "Patchquilt"!


SOCORRO!!


Vocês já ouviram falar em "Patchquilt"??
EU NÃOOO!! 


Gente por favor! 
Eu não sou uma sabe tudo, nem nada. 
Longe disso!
Quem me conhece sabe que sou super do bem, ensino com prazer e adoooro trocar figurinhas!


Mas calma lá!!


"Patchquilt" não existe!!


Vocês tem que ficar de olho nestas "professoras" de Patchwork que na verdade nem sabem do que que se trata mesmo o Patchwork.


Afinal como identificamos uma verdadeira Professora de Quilt e Patchwork?
Difícil, neam?


Mas uma Professora capacitada deve ter, além das habilidades necessárias para realizar determinado trabalho, um conjunto de conhecimentos e atitudes.
O mundo hoje é de informação!
Qualquer pessoa no mínimo curiosa, tem acesso a muita coisa pela internet!


Vamos então falar um pouquinho de terminologias?


No Brasil já existe uma tentativa de unificação de conceitos e terminologias no Patchwork e Quilt .
Todas nós, entusiastas deste hobby super artesanal, sabemos ou deveríamos saber, que estas terminologias e conceitos na sua maioria são americanos.
E ao traduzir estas terminologias de técnicas, padrões e conceitos acabamos por ter várias delas se contradizendo.

Normal, não é meninas?
Num país como o nosso onde a diversidade cultural é imensa devido ao seu tamanho não podemos deixar de considerar certas personalidades e terminologias próprias!

Mas acho fantástica e super válida a tentativa da ABPQ em padronizar estes termos, conceitos e nomenclaturas!

No curso de capacitação de professores da ABPQ, que eu fiz no início do ano, discutimos e assimilamos muitos destes conceitos que eu acho bem importantes!



Por exemplo, hoje eu moro em Santa Catarina, se amanhã eu mudo de estado e vou morar na Bahia ou até mesmo em São Paulo e vou fazer um curso de Patchwork e Quilt por lá muda-se o nome de várias técnicas e seus conceitos.

Isso dificulta um pouco a nossa vida, não é mesmo?
Graças a internet e as redes sociais isto esta mudando!
Mas é preciso divulgar!

Sou totalmente a favor da padronização de terminologias!

Acho válido, importante e decisivo para o crescimento de qualidade desta arte no Brasil!
Para quem não conhece a ABPQ - Associação Brasileira de Quilt e Patchwork, vale a pena dar uma olhada no site e se associar para ficar por dentro do que acontece!

Aliás faltam 20 dias para o 14 Festival de Quilt e Patchwork em Gramado!


Eu vou fazer 2 cursos com a artista Doris Sueli Teixeira!! 
Um na quinta e outro no sábado!!
( Feliz da vida!! )


E você?? 
Vamos??


Ahhh!! 
Lembro ainda a todas as associadas que neste ano teremos eleições para a nova diretoria!
É importante conhecer o planejamento das chapas para definir o seu voto!

Penso que há ainda um longo caminho a se percorrer até o Quilt e o Patchwork atingirem a maioridade por aqui, o que não dá para negar é que esta arte já ganhou o Brasil!


Vou colocar aqui as terminologias* padronizadas pela ABPQ para um curso básico de Quilt e Patchwork.


*Estas nomenclaturas/terminologias foram retiradas da apostila ABPQ para o curso de capacitação de professores.
Conhecimento adquirido através das mestras Vanessa Lott e Hilla Leslie, ministrantes do curso em Garopaba/2011.



  1. Aplicação
    1. Ponto de aplicação
    2. Técnica: Dobra com a agulha
    3. Técnica: Aplicação modelada
  2. Acabamento
  3. Quilteira (o): pessoa que faz Quilt's
  4. Quilt: Trabalho composto por 3 camadas unidas por um "quiltado".
  5. Quiltado: Costura a mão ou a máquina com a função de fixar as 3 camadas e embelezar o tampo.
  6. Patchwork: Trabalho artesanal que utiliza pequenos pedaços de tecido, costurados entre si para formar um novo tecido ou para ser aplicado sobre outro, podendo ser costurado à mão ou a à máquina, formando desenhos geométricos, figurativos ou abstratos. ( Definição de Coelho e Melo, Myrian. 2007)
  7. Tampo: Frente de uma peça de quilt ( pode ser de Patchwork ou tecido inteiriço)
  8. Manta: Recheio de um quilt
  9. Forro
  10. Montagem do sanduíche: União das 3 camadas de um Quilt
  11. Etiqueta: De tecido com informações sobre a peça
  12. Manga: Tubo de tecido costurado no verso para suporte da peça
  13. Conjunto de corte: Constituído por Placa de corte, régua e cortador circular
  14. Costura de encaixe: Técnica de costura que une peças geométricas ( quadrados, retângulos  triângulos, círculos, etc...)
  15. Barras internas
  16. Barras externas
É isso meninas, depois de ouvir aquela barbaridade de "Patchquilt", achei que seria bem oportuno fazer este post sobre padronização, por que querendo ou não informação e atualização é tudooo!!
Beijocas e um ótimo fim de dia para vocês!!


11 comentários:

Mariane Prospero Polins disse...

Hehehe, tive um ataque de riso ao ler "embelezar o tampo", achei que tinha escrito errada e queria dizer embelezar o trampo...rsrsrs, mas sabendo que minha amiga não escreve assim reli e entendi que o tampo era a parte de cima!!!

Muito oportuno seu post, obrigada por esclarecer a essas novas entusiastas do patchwork o que é o que, neam?! rs

Bjinho!

Sonia Cazarim disse...

Amore!!!! Eu te adoro de montão, principalmente por que tu és corretíssima em querer que a coisa ande e não desande no nosso lindo país!!!!!SOCORROOOOO MESMO!!!!! Tem que gritar e muito para certas coisas que certas professoras inventam!!!! Aff, eu como professora de inglês fico então mais indignada ainda com as "traduções" que santas criaturas inventam.....tb surtaria!!!!
Temos mesmo que padronizar e URGENTEMENTE!!! Por favor, vamos nos informar e falar a mesma língua e vamos aderir à ABPQ para que possamos ter forças e lutar por um patchwork e quilt brasileiros de qualidade!!!
Obrigada querida por compartilhar e por sempre estar alerta à certas barbaridades...
Uhuuuu...Gramado está chegando e nós vamos nos divertir muito além claro de aprender tb!!

Beijokas de montão!!!!
OBS: sou sua fã!!

Soninha!!

Miriam disse...

Andreza,até eu que não sou capacitada, não fiz cursos, sei como se deve falar.Eu já li, em uma propaganda de um curso, a palavra PET APLIQUÊ. Bem assim. Fiquei indignada com tamanha ignorância.Puxa, bem que poderiam se informar antes não é? Mas Patchquilt nunca tinha ouvido. É demais, dói nos ouvidos mesmo. Grata pelas explicações e aproveita bem os cursos com a Doris que é tudo de bom. Sou fã dos trabalhos dela. Bjossss.....

Mania D' Marie disse...

Obrigado pelo esclarecimento,não sabia nada disso,fico grata.
Cheiro!!

Ana Silvia disse...

Nossa, só posso agradecer. Sou total aprendiz, só posso agradecer por mais esse post de presente! Hoje aprendi muita coisa,
Obrigada minha guru das Tildas!!
Beijos!!

Arte com Patch by Márcia Valéria disse...

KKK Andreza, não fica brava com a professorinha! Vai que ela estava tentando explicar que Patchquilt é retalho de quilt que sobrou e devemos jogar fora na hora de refilar o trabalho. kkkk
Pelo menos tá melhorando, e quando as pessoas achavam que "Petwork" era o nome de algum local pra vender coisas pra cachorro? KKKK
Muito boa sua explicação.
Bjs

Janete Xavier disse...

Adorei!!Acho que esse deveria ser o primeiro passo para fazer um curso de patchwork.Muitas pessoas que dão aula não sabem o que significa,nem conhecem a história do patch.Bjs

Rosana disse...

Andreza,estou rindo aqui!kkkkk..
meu ponto de vista:tem muita gente por aí que faz artesanato,artes aplicadas,e decide entrar no mundo do PATCHWORK E ACHAM QUE SABEM TUDO e aí vemos e ouvimos uma "barbaridade de coisas",kkkkkkk.Ninguem sabe tuuudo,sempre estamos nos aprimorando.Lembro que qdo eu comecei a dar aula aqui,a maioria das pessoas nem sequer tinham conhecimento do que se tratava.por incrivel que pareça,nao me esqueco de uma frase que ouvi:POSSO LEVAR MINHA CACHORRINHA?
eu nao sabia o quê responder...

Sinara Maria disse...

Querida!
Tu tá certa... e não é só porque fomos colegas e qualificadas pela ABPQ que digo isso. Hoje todo mundo "está se achando"... acho legal esse retorno das costuras e das coisas que nos trazem felicidade, mas não custa aprendermos e divulgarmos o que é correto. Eu não me atrevo a consultar um médico sem experiência...também nunca escolhi fazer aula com quem não sabia o que estava dizendo. Parece óbevio, mas não é.
...nos encontramos em Gramado(uhu!) vou fazer aula com a Sávia Dumont.
bjones pra ti guria!

Artelinear disse...

Aih aih aih...amiga relaxa ...é tanta gente dando aula do que não sabe que dá nisso, vivo isso com pintura em tela dá até medo...rs
kkkk... agora a definição para patchquilt é bem simples: imagina só todo mundo correndo pra aprender e ganhar dimdim dando aula sem se preparar de fato, e então o que a pessoa passa pra inocente da aprendiz é isso:
um Patch que não é patch e quilt que não é quilt logo o resultado da equação é um PATCHQUILT muito malacabadim...

adorei o blog, adorei as tildas, voltarei mais vezes.

Bju!

Marlene disse...

Andrezza, encontrei seu blog por acaso, li diversos posts e adorei sua forma alegre e divertida de escrever.
A parte sobre escambo me fez refletir muito mas o que me deixou mais encantada foram as suas Tildas, o trabalho é perfeito, você está de parabéns.
bjs

Related Posts with Thumbnails

Coleção Anjas dos Sonhos - Inverno 2012

Coleção Anjas dos Sonhos - Inverno 2012
Designer Andreza Boal

Círculo S/A

Círculo S/A
Eu uso e recomendo!

Eu uso!!

Eu uso!!
Super recomendo!

Tecendo Sonhos pelo mundo!!